• Susana Alves

2 anos (quase...) de assistentência virtual

Pois é, quem diria em julho de 2019, que o meu projecto de assistente virtual iría resistir a várias provas de fogo, incluíndo uma pandemia à escala mundial??

Tem sido uma aventura mas, quase 2 anos depois, estou viva, ganhei experiência, ganhei algum dinheiro para ir pagando contas e, fui chegando a conclusões variadas sobre mim, o mundo, a sociedade e a actividade profissional em si. Conheci pessoas que se tornaram minhas clientes, e clientes que se tornaram amigos. Em Portugal continua-se a desvaloriar o trabalho alheio e a regatear valores pedidos por profissionais, a pedir orçamentos e a não dar cavaco quando se recebe resposta. Tudo isto não deverá servir para nos desmotivar, mas para aumentar o nosso conhecimento sobre o outro e sobre a nossa capacidade de resposta e de nos mantermos coesos com a nossa própria consciência e integridade.

Já agora, um grande abraço a todos os profissionais independentes deste país que tanto nos cobra em impostos e contribuições e que nada nos dá em troca. Agora compreendo-vos muito melhor. Sim, pensei muito em emigrar, mas tenho o direito de querer ficar por aqui. Avancemos!



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo